Rondônia, 19 de Janeiro de 2020
ESPORTES

Amanda Ribas conta com torcida de Varginha contra VanZant: "A 'ETezada' vai em peso"

Fonte: Assessoria
  • Amanda Ribas conta com torcida de Varginha contra VanZant:
Depois de impressionar nas duas primeiras lutas no Ultimate ao bater Emily Whitmire e Mackenzie Dern, Amanda Ribas foi escalada para fazer sua estreia no Brasil pela organização. Ela vai enfrentar Paige VanZant no dia 14 de março, no UFC Brasília, pelo peso-palha (até 52kg). Empolgada por atuar diante de sua torcida, a mineira contou que seus amigos e familiares de Varginha, cidade da atleta, que fica no Sul de Minas, estão se mobilizando para ir ao ginásio Nilson Nelson torcer por ela.

- Acho que vai ser muito legal. Gosto de torcida. Quando é contra, imagino que eles estão a favor, e quando é a favor, me dá mais energia ainda. O pessoal de Varginha está separando ônibus para ir. Acho que vai a "ETezada" em peso. Só uma tia minha tem cinco filhos e os cinco já têm filhos, então acho que vai dar bastante gente. Espero que todos vão - brincou Amanda ao citar o fato de Varginha ter ficado conhecida por supostas aparições de objetos voadores não identificados na década de 90.

Depois de vencer Mackenzie, considerada uma promessa da divisão e multicampeã no jiu-jítsu, Amanda agora terá outra lutadora que, se já não é mais vista como uma sensação, fez seu nome pela promoção que o Ultimate fez em torno dela em seus primeiros compromissos na companhia.

- Eu tinha conversado antes com meu empresário, porque a Paige desafiou um tanto de meninas no Instagram, mas não nervosa, só falando que, como é a última luta, queria uma luta boa. Já fiquei meio esperta. Teve negociação do meu empresário com o UFC e recebi o contrato, assinei e mandei logo. Achei muito bom porque o UFC está me dando meninas de nome, fico bem feliz de estar dando certo. Fiquei satisfeita porque acho que é uma luta de visibilidade muito grande para mim. Gostei mesmo da luta, de lutar em casa, primeira vez lutando, vai ser legal - declarou, ao Combate.com.

Ao analisar o jogo de VanZant, Ribas acredita que pode se aproveitar de certa afobação da rival nas tomadas de decisão e crê que o resultado positivo vá ajudá-la a renegociar seu contrato com o UFC.

- Ela é muito versátil, acho que isso é tanto bom (para ela), porque você nunca sabe o que ela vai fazer, é imprevisível, tanto ruim porque por não ter um ponto forte certo, posso estudar as fragilidades dela. Acho que ela, às vezes, não pensa tanto para fazer as coisas e isso é bom pra mim. Ela só faz. Senti isso, posso estar enganada, mas por enquanto é isso que vejo. (Se vencer) Acho que devo subir algumas posições, não sei quantas. Acho que a minha bolsa deve aumentar, que é muito importante, entendeu (risos)? A vida de atleta é muito boa, mas nunca se sabe o dia de amanhã. A vitória vindo, pode vir uma renegociação de contrato, que estou esperando.

Na vitória sobre Whitmire, quando estreou no Ultimate, Amanda Ribas finalizou com um mata-leão e aposta que o final do duelo no UFC Brasília será parecido para Paige VanZant.

- Da outra vez, contra a Emily, que imaginava pegando pescoço e ela dando três tapinhas, mas minha estratégia não era essa. Desta vez eu imagino eu indo pras costas e pegando o pescoço dela - concluiu.

UFC Brasília

14 de março de 2020, no Distrito Federal
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-meio-pesado: Johnny Walker x Nikita Krylov
Peso-palha: Amanda Ribas x Paige VanZant
Peso-médio: Antônio Carlos Cara de Sapato x Brad Tavares
Peso-mosca: Maryna Moroz x Mayra Sheetara
Peso-pesado: Carlos Boi x Jeff Hughes
  • Amanda Ribas conta com torcida de Varginha contra VanZant: