Rondônia, 19 de Setembro de 2019
ESPORTES

Após ser chamado de "novo Villeneuve" por Max, Rosberg diz que vai maneirar em críticas

Fonte: Assessoria
  • Após ser chamado de
Por GloboEsporte.com

Nico Rosberg se aposentou em 2016 para fugir do agito da Fórmula 1 e poder aproveitar mais a família. Contudo, o alemão vai a quase todas as corridas, ora trabalhando como comentarista de uma TV alemã, ora produzindo conteúdos para o seu próprio canal. E assim, o campeão de F1 tem exposto suas opiniões sobre os pilotos do grid atual.

No GP da Bélgica, disse que Verstappen, por exemplo, tinha voltado ao seu "antigo eu" por causa da disputa agressiva que travou com Kimi Raikkonen na primeira curva, abandonando a corrida em seguida com danos no carro. Max não gostou das palavras de Rosberg e disse que o ex-piloto queria ser o "novo Villeneuve", sempre com opiniões contrárias. Lewis Hamilton chegou a dizer que "alguns pilotos se tornam irrelevantes quando se aposentam, precisando da luz de outros pilotos para volta a brilhar".

Mas Nico parece não só ter ouvido as críticas dos ex-colegas de grid, mas também assimilado-as. Rosberg admitiu, em entrevista ao jornal espanhol "Marca", que odiava ser criticado por jornalistas ou ex-pilotos quando ainda corrida, e afirmou que vai tentar maneirar em suas opiniões daqui em diante.

- Eu amo fazer as análises, mas também tenho grande respeito por esses pilotos. Mas preciso mudar, porque não quero meus ex-colegas, que respeito muito, sentindo-se dessa forma. Uma das coisas que mais odiava quando era piloto era ouvir comentários críticos de jornalistas ou ex-pilotos. Comigo, geralmente era o David Coulthard, e me deixava louco, era horrível. Vou procurar baixar o tom - explica Rosberg.
  • Após ser chamado de