Rondônia, 09 de Março de 2021
MUNDO

Chuvas torrenciais dificultam busca por sobreviventes do terremoto na Indonésia

Fonte: Assessoria
  • Chuvas torrenciais dificultam busca por sobreviventes do terremoto na Indonésia
Por France Presse


As equipes de resgate fizeram o seu melhor neste domingo (17) em meio a chuvas torrenciais para encontrar sobreviventes do terremoto que atingiu a ilha indonésia de Sulawesi, que já matou pelo menos 77 pessoas, de acordo com um novo balanço, e destruiu milhares de casas.

Guindastes e pás elétricas trabalharam nas ruínas de edifícios devastados em Mamuju, a cidade mais atingida pelo terremoto de magnitude 6,2 na madrugada de sexta-feira.

O terremoto espalhou o pânico entre as populações do oeste da ilha, que já foi devastada em 2018 por um violento terremoto seguido de um tsunami que causou 4.300 mortes.

Durante dois dias, dezenas de corpos sem vida foram retirados dos escombros dos edifícios em Mamuju, a capital provincial, de 110.000 habitantes, onde um hospital e um centro comercial desabaram.

Outras vítimas também foram encontradas mais ao sul, depois de um forte tremor na manhã de sábado.

"As chuvas causam dificuldades adicionais porque podem fazer com que alguns prédios danificados desabem completamente, e também pelos tremores secundários", disse Octavianto, um salva-vidas de 37 anos que, como muitos indonésios, tem apenas um nome.
"Todas as pessoas que encontramos estavam mortas", disse Octavianto. "Depois de mais de 24 horas, as pessoas soterradas provavelmente estão mortas."
  • Chuvas torrenciais dificultam busca por sobreviventes do terremoto na Indonésia