Rondônia, 07 de Dezembro de 2019
ESPORTES

Joanna Jedrzejczyk quer disputar cinturão de lutadora "mais casca-grossa" contra Ronda Rousey

Fonte: Assessoria
  • Joanna Jedrzejczyk quer disputar cinturão de lutadora
Por Combate.com


Ex-campeã peso-palha do UFC, Joanna Jedrzejczyk busca retomar o cinturão ao desafiar a chinesa Weili Zhang. O duelo ainda não está confirmado oficialmente, mas Dana White curtiu recentemente a troca de farpas entre a polonesa e a chinesa.

Apesar disso, Jedrzejczyk já tem em mente outra luta que pode render um novo cinturão. Inspirada no colega de American Top Team, Jorge Masvidal, que conquistou o título de lutador "mais durão" do UFC, ao vencer Nate Diaz por interrupção médica, a peso-palha polonesa acredita que pode ser a versão feminina e ser intitulada a "mais casca-grossa" do Ultimate.

- As pessoas costumavam me chamar de "violenta", de "selvagem". Jorge Masvidal acabou de ganhar este cinturão, e eu quero levar esse título de lutador "mais casca-grossa" - disse Joanna Jedrzejczyk ao "South China Morning Post", antes de revelar quem gostaria de enfrentar nessa luta única.

- Essas outras garotas podem ganhar o cinturão, mas não há ninguém como Ronda Rousey e eu. As pessoas podem duvidar de mim e sempre farão isso, mas me mostre uma lutadora melhor e mais limpa que eu no UFC ou em outras organizações. Claro que a Amanda Nunes é a melhor do mundo agora, mas a Ronda teve seis defesas de título bem sucedidas. Eu tive cinco. Mas e a Rose Namajunas? Apenas uma. Jessica Bate-Estaca não conseguiu defender o cinturão.

No momento, o desejo de Joanna Jedrzejczyk de levar para casa o cinturão de "mais casca-grossa" do UFC não passa de um sonho. Isso porque Ronda Rousey, após ser nocauteada por Amanda Nunes, em 2016, se transferiu para o WWE. Já Amanda Nunes, que atualmente domina o MMA feminino, sendo campeã dos galos (62kg) e dos penas (66kg), teria que baixar muito de peso para enfrentar a ex-campeã dos palhas (52kg).
  • Joanna Jedrzejczyk quer disputar cinturão de lutadora