Rondônia, 17 de Julho de 2019
ESPORTES

Mercedes, Ferrari e RBR nas três primeiras filas do grid na China. Pilotos dizem tudo ser possível

Fonte: Assessoria
  • Mercedes, Ferrari e RBR nas três primeiras filas do grid na China. Pilotos dizem tudo ser possível
A Mercedes perde 3,5 décimos de segundo para a Ferrari de Sebastian Vettel e Charles Leclerc nas retas dos 5.451 metros do Circuito Internacional de Xangai. Mas nas curvas o modelo W10 de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas não apenas compensa essa perda como impõe alguma vantagem ao SF90 dos italianos. Resultado: Bottas larga neste domingo na pole position da terceira etapa do campeonato, com Hamilton em segundo, 23 milésimos de segundo, apenas, mais lento.

Essa foi a explicação do diretor da Mercedes, Toto Wolff, ao comentar a primeira fila de seus pilotos no GP da China, o de número mil na história da F1.

- Acho que a Ferrari tem maior liberdade durante o fim de semana para usar a potência máxima da sua unidade motriz. Nossa maneira de explorá-la é diferente.

Wolff dá a entender que Bottas e Hamilton podem exigir tudo da unidade motriz apenas nos instantes decisivos da sessão de classificação, como nas voltas lançadas no Q2 e no Q3, enquanto Vettel e Leclerc mesmo nos treinos livres não têm importantes restrições para o uso de potência.

Vale lembrar que o regulamento determina que cada piloto tem direito a três unidades motrizes para as 21 etapas do campeonato. Cada vez que recorre a uma nova além do estabelecido, perde posições no grid. Pode nem estar relacionado a essa maior liberdade, mas Leclerc deixou de vencer no Barein, há duas semanas, por causa de um problema na unidade motriz da sua Ferrari.

Ainda Wolff:

- O legal deste campeonato é que estamos vendo uma alternância de times com mais possibilidade de vitória a cada etapa. Nós na Austrália, Ferrari no Barein. Aqui, no entanto, a coisa me parece totalmente aberta, até para a RBR.

Corrida

A largada, em Xangai, será às 3h10 deste domingo, horário de Brasília. Tomara Bottas, Hamilton, Vettel e Leclerc estejam mesmo certos quanto a esperar performance bem semelhante não apenas dois dois times como da RBR também. O milésimo GP da F1 entraria assim também para sua história.
  • Mercedes, Ferrari e RBR nas três primeiras filas do grid na China. Pilotos dizem tudo ser possível