Rondônia, 12 de Dezembro de 2018
MUNDO

Pentágono admite ter financiado programa secreto de investigação de óvnis

Fonte: Assessoria
Por France Presse

O Pentágono admitiu ter financiado um programa secreto bilionário para investigar aparições de objetos voadores não identificados (ovnis).

O programa foi encerrado em 2012, de acordo com o Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Porém, uma reportagem do The New York Times relatou que ele ainda estaria em execução. Segundo o jornal, os funcionários continuam a estudar incidentes apontados pelos membros do serviço militar dos Estados Unidos, em paralelo às suas atividades regulares no Pentágono.

O chamado Programa de Identificação Avançada de Ameaças de Aviação operou de 2007 a 2012 e recebeu US$ 22 milhões por ano de financiamento, escondido no gigantesco orçamento do Pentágono, disse o Times, citando participantes e registros do programa.

O programa forneceu documentos que descrevem as aparições de aparatos voadores não identificados que pareciam se mover rapidamente, sem sinais visíveis de propulsão, ou sem meios aparentes de se erguer, afirmou o Times.

Funcionários do programa também examinaram vídeos dos encontros de aeronaves militares americanas com objetos desconhecidos, aidna de acordo com o jornal.

Um deles, divulgado em agosto, mostra um objeto oval branco do tamanho de um avião sendo seguido por dois jatos da Marinha de um porta-aviões da costa da Califórnia em 2004, acrescentou a reportagem.

O Departamento de Defesa disse em nota que o programa foi encerrado.

"O Programa de Identificação Avançada de Ameaças de Aviação foi concluído em 2012. Determinou-se que havia outra questões mais prioritárias que mereciam financiamento e foi com a melhor das intenções que o Departamento fez essa mudança", afirmou.

"O Departamento de Defesa leva muito a sério todas as ameaças e ameças em potencial ao nosso povo, nossos ativos e nossa missão, e toma ações quando qualquer informação verossímil aparece".